Última atualização em 03/10/2015

A vitamina C realmente ajuda a prevenir o resfriado?


homem espirrando

O resfriado é a doença infecciosa mais comum no mundo todo. A maioria das pessoas pega essa doença diversas vezes ao ano. É sempre aquele aborrecimento – nariz escorrendo, tosse e febre leve.

E o mito que tomar vitamina C ajuda a prevenir o resfriado? É fato ou ficção?

Essa teoria foi estudada e popularizada por volta de 1970, quando o químico americano Linus Pauling, vencedor do Prêmio Nobel de Química, publicou um livro sobre a prevenção de resfriado usando vitamina C (”Vitamin C and the Common Cold”).

Para fundamentar seus estudos, ele ingeria 18 miligramas dessa vitamina todo dia (a dose diária recomendada é 90 miligramas para homens e 75 miligramas para mulheres).

A partir daí, essa hipótese começou a ser difundida e pesquisada a fundo. Vamos, então, entender os efeitos dessa vitamina no organismo e analisar se, realmente, ela pode espantar o resfriado.

Vitamina C e o sistema imunológico

laranja e vitamina c

A vitamina C desempenha um papel fundamental no sistema imunitário. Ela é encontrada em abundância nas células que compõem esse sistema e, durante uma infecção, é consumida rapidamente (1).

Além disso, a vitamina C é um antioxidante, e é necessária para produção de colágeno. O colágeno é a proteína mais abundante nos mamíferos, e serve para deixar nossa pele resistente, porém flexível.

A carência grave de vitamina C pode causar uma doença chamada escorbuto.

Entretanto, essa é uma doença rara na maioria dos países, pois grande parte das pessoas ingere uma quantidade mínima de vitamina C contida em alguns alimentos, necessária para prevenir essa enfermidade.

E o resfriado, pode ser combatido pela vitamina C?

complexo de vitaminas

Nas últimas décadas, muitos estudos randomizados e controlados foram feitos em cima da hipótese que a vitamina C pode prevenir o resfriado.

Os resultados foram decepcionantes. Foi feita uma análise em cima 29 testes com essa vitamina, somando um total de 11.306 participantes. Os resultados mostraram que uma dose diária de 200mg de vitamina C não reduziu a frequência de resfriados.

Entretanto, se mostrou eficaz na redução da intensidade e da duração dessa doença (2).

Estranho, não? Fomos tão acostumados a acreditar que os resfriados são espantados pela vitamina C que dizer o contrário parece inacreditável. No entanto, é ciência.

Mas não fique chateado se você é acostumado a ingerir suplementação de vitamina C.

Existem inúmeros outros benefícios que essa vitamina pode trazer. Há várias evidências sustentando a teoria que a dosagem adequada dessa vitamina é associada a uma redução do risco de doenças cardiovasculares e de câncer (3).

Resumindo…

Visto que a vitamina C faz o sistema imunológico funcionar melhor, ela pode ajudar na redução e na diminuição da intensidade dos resfriados, porém, não nos previne de contraí-los.

Você utiliza vitamina C para previnir resfriados e gripes?
E tem funcionado para deixar as gripes e os resfriados com menos sintomas?

Traduzido e adaptado de Authority Nutrition.

Compartilhe:

Se estiver no celular, toque no ícone para compartilhar pelo Whatsapp:


Receba no Facebook Messenger receitas e dicas para perder peso e ter uma alimentação saudável.

Venha conversar no Messenger